quinta-feira, 25 de março de 2010

Idolatria e feitiçaria

Idolatria


Iniciaremos agora o estudo do segundo grupo da lista de Gálatas, capítulo 5, versículos de 19 a 22. Neste segundo grupo estão relacionados os pecados contra Deus.
Vale lembrar que não se trata de uma listagem de todos os pecados e sim de exemplos; também lembro aos irmãos que, quando digo pecados contra Deus, não quer dizer que os outros não o sejam, mais sim que estes são pecados cometidos diretamente contra o Senhor; por exemplo: Aquele que se prostitui peca contra o seu corpo, mais obviamente, peca também contra Deus.

Segundo o dicionário: Culto a ídolos, amor demasiado.
Podemos definir idolatria em um sentido mais abrangente, como qualquer dedicação ou amor excessivo prestado a alguém ou algo sem ser Deus; em outras palavras: colocar Deus em segundo plano.
Idolatrar se refere ao reconhecimento público dado aos “deuses”, ou ainda ao reconhecimento público de que algo é mais valioso do que Deus para uma pessoa, ainda que muitas vezes não declare isso, mais os seus gestos demonstrem.

Podemos destacar a idolatria em alguns tópicos

1- A outros deuses
Muitas pessoas podem declarar que praticaram a idolatria por falta de conhecimento (Rm 1.18-32).
A ira de Deus se revela do céu contra toda impiedade e perversão dos homens que detêm a verdade pela injustiça;
19 ¶ porquanto o que de Deus se pode conhecer é manifesto entre eles, porque Deus lhes manifestou.
20 Porque os atributos invisíveis de Deus, assim o seu eterno poder, como também a sua própria divindade, claramente se reconhecem, desde o princípio do mundo, sendo percebidos por meio das coisas que foram criadas. Tais homens são, por isso, indesculpáveis;
21 porquanto, tendo conhecimento de Deus, não o glorificaram como Deus, nem lhe deram graças; antes, se tornaram nulos em seus próprios raciocínios, obscurecendo-se-lhes o coração insensato.
22 Inculcando-se por sábios, tornaram-se loucos
23 e mudaram a glória do Deus incorruptível em semelhança da imagem de homem corruptível, bem como de aves, quadrúpedes e répteis.
24 Por isso, Deus entregou tais homens à imundícia, pelas concupiscências de seu próprio coração, para desonrarem o seu corpo entre si;
25 pois eles mudaram a verdade de Deus em mentira, adorando e servindo a criatura em lugar do Criador, o qual é bendito eternamente. Amém!



E Deus ainda declara qual é o fim das pessoas que praticam tais coisas e das que as aprovam RM. 1.32
"Ora, conhecendo eles a sentença de Deus, de que são passíveis de morte os que tais coisas praticam, não somente as fazem, mas também aprovam os que assim procedem "

Romanos 1:25
"...pois eles mudaram a verdade de Deus em mentira, adorando e servindo a criatura em lugar do Criador, o qual é bendito eternamente. Amém!"


SALMO 115 2-9
2 Por que diriam as nações: Onde está o Deus deles?
3 No céu está o nosso Deus e tudo faz como lhe agrada.
4 Prata e ouro são os ídolos deles, obra das mãos de homens.
5 Têm boca e não falam; Têm olhos e não vêem;
6 Têm ouvidos e não ouvem; Têm nariz e não cheiram.
7 Suas mãos não apalpam, seus pés não andam; som nenhum lhes sai da garganta.
8 Tornem-se semelhantes a eles os que os fazem e quantos neles confiam.
9 Israel confia no Senhor, Ele é o seu amparo e o seu escudo.

A Bíblia nos retrata o tipode adoração que as pessoas fazem, sua expressividade não nos deixa margem que esse tipo de idolatria é comum nos dias de hoje. E sabem porque as pessoas ditas cristãs continua com essas práticas, porque sua vida não é alicerçada na palavra... preferem seguir lideres religiosos que manipulam as pessoas para benéfico próprio
Êxodo 20:4
"Não farás para ti imagem de escultura, nem alguma semelhança do que há em cima nos céus, nem em baixo na terra, nem nas águas debaixo da terra"

E Deus não condena apenas aqueles que que adoram tais esculturas mais também os que fazem
Dt. 27-15
"Maldito o homem que fizer imagem de escultura ou de fundição, abominável ao SENHOR, obra de artífice, e a puser em lugar oculto. E todo o povo responderá: Amém!"

Quando falamos em idolatria logo pensamos na adoração de ídolos ou coisa semelhante, pensamos também nos ímpios idólatras que não conseguem enxergar que seus ídolos não servem para nada. Quando lemos Gálatas 5. 20 aprendemos que a idolatria é uma obra da carne; mais será que Paulo estava escrevendo para ímpios? Certamente que não!
Como servos de Deus devemos estar atentos para a idolatria em suas mais variadas faces, pois em um sentido mais abrangente, como já vimos, idolatria não é apenas ajoelhar-se diante de um ídolo qualquer, veja a advertência que o apóstolo Paulo faz em I Co 10. 12-14.
12 Aquele, pois, que cuida estar em pé, olhe não caia.
13 Não veio sobre vós tentação, senão humana; mas fiel é Deus, que não vos deixará tentar acima do que podeis, antes com a tentação dará também o escape, para que a possais suportar.
14 Portanto, meus amados, fugi da idolatria.

Te mos que vigir e fugir da idolatria, para não cairmos em pecada


Crentes idólatras?
Infelizmente percebemos em nossas igrejas que a idolatria tem se infiltrado de um modo muito astuto; a carne tem falado mais alto na vida de muitos, e como no tempo antigo e também nos dias de hoje entre os ímpios, a idolatria arrasta consigo muitos outros problemas. Um crente idólatra causa problemas para si e para a igreja.
Observamos os seguintes tipos de idolatria na vida de alguns que dizem amar a Deus em primeiro lugar: Amor ao dinheiro, idolatria a determinado cantor, idolatria ao líder (ainda que ele esteja caído é venerado), idolatria à mulher, namorada, filhos, carro, etc...


O amor ao dinheiro
Este problema é considerado por Deus como uma forma de idolatria.
Jesus comparou o dinheiro com um “outro deus” e afirmou ser impossível ama-lo e amar ao dinheiro ao mesmo tempo (Mt 6. 24)
Ninguém pode servir a dois senhores; porque ou há de aborrecer-se de um e amar ao outro, ou se devotará a um e desprezará ao outro. Não podeis servir a Deus e às riquezas..



Na epístola aos Colossenses, no capítulo 3, versículo 5, Paulo diz que toda espécie de avareza é idolatria.
A avareza é mencionada e advertida em passagens como:
Ef 5.3; (desejo de dinheiro)
3 "Mas a impudicícia e toda sorte de impurezas ou cobiça nem sequer se nomeiem entre vós, como convém a santos"

Hb 13.5 ( herença)
"Seja a vossa vida sem avareza. Contentai-vos com as coisas que tendes; porque ele tem dito: De maneira alguma te deixarei, nunca jamais te abandonarei"

II Pe 2.14. ( prostituição)
"Tendo os olhos cheios de adultério, e não cessando de pecar, engodando as almas inconstantes, tendo o coração exercitado na avareza, filhos de maldição;"

O amor ao dinheiro é uma das atitudes que nos leva a nos separar mos do Senhor. Em I Timoteo 6. O apostolo Paulo nos orienta
6 De fato, grande fonte de lucro é a piedade com o contentamento.
7 Porque nada temos trazido para o mundo, nem coisa alguma podemos levar dele.
8 Tendo sustento e com que nos vestir, estejamos contentes.
9 Ora, os que querem ficar ricos caem em tentação, e cilada, e em muitas concupiscências insensatas e perniciosas, as quais afogam os homens na ruína e perdição.
10 Porque o amor do dinheiro é raiz de todos os males; e alguns, nessa cobiça, se desviaram da fé e a si mesmos se atormentaram com muitas dores.
11 Tu, porém, ó homem de Deus, foge destas coisas; antes, segue a justiça, a piedade, a fé, o amor, a constância, a mansidão.
12 Combate o bom combate da fé. Toma posse da vida eterna, para a qual também foste chamado e de que fizeste a boa confissão perante muitas testemunhas

Amadas fugi da idolatria ( Co. 10.14)

Problemas advindos da idolatria ao dinheiro: O crente idolatra faz a sua igreja local sofrer, pois não gosta de contribuir e ainda induz os outros a fazerem o mesmo.
Além de sua vida espiritual estar indo “por água a baixo”, ele prejudica a comunidade com críticas constantes. O crente idólatra não percebe que o dinheiro para ele é mais importante do que Deus, e esquece do amor aos irmãos. A avareza torna o crente um verdadeiro “parasita espiritual”.

A idolatria aos líderes:
É interessante notar como os crentes possuem facilidade para aceitar líderes em pecado e rejeitar àqueles que verdadeiramente estão na presença de Deus.
Às vezes aquele líder que era uma benção desvia-se da presença de Deus e o povo insiste em segui-lo. Recentemente presenciamos no Brasil a queda de um famoso pastor, o mesmo caiu e permanece em adultério e por incrível que pareça, muitos afirmam que ele ainda é um grande homem de Deus e estão atrás dele aborrecendo ao Senhor!
Não devemos esquecer da obediência aos nossos guias que velam pelas nossas vidas, devemos seguir o exemplo daqueles que vivem uma vida de dedicação e piedade, a Bíblia manda que honremos nossos líderes e a desobediência é grave diante de Deus, no entanto não devemos amar a ninguém mais do que ao Senhor a ponto de aceitarmos o que é contrário a Deus.
1 Cor. 8.5-6
5 "Porque, ainda que haja também alguns que se chamem deuses, quer no céu quer na terra (como há muitos deuses e muitos senhores),
6 Todavia para nós há um só Deus, o Pai, de quem é tudo e para quem nós vivemos; e um só Senhor, Jesus Cristo, pelo qual são todas as coisas, e nós por ele."

Problemas advindos da idolatria a líderes: Rebelião, pois quando o líder é punido, o crente levanta-se contra a autoridade superior. Outro problema é a divisão, pois após a punição o ex-líder se separa do corpo e arrasta após si, àqueles que o idolatram.

A idolatria aos parentes:
Colocar a mulher, filhos ou amigos, acima de Deus é uma forma de idolatria. Ninguém nos ama mais do que o Senhor; ter esse tipo de pensamento causa decepção e desgosto .Devemos amar a Deus sobre todas as coisas. O amor ao Senhor deve ser o motivo de todas as outras formas de amor.
Jesus disse (Mt 10. 37)
"Quem ama seu pai ou sua mãe mais do que a mim não é digno de mim; quem ama seu filho ou sua filha mais do que a mim não é digno de mim;"

Existem muitos irmãos que sob o pretexto de ganhar os seus parentes ou de dar atenção a eles, deixam de ir a igreja ou de produzir na casa de Deus; alguns abrem mão do seu próprio chamado. Atenção sem discernimento é pretexto para não se dedicar ao Senhor!
Não devemos ser “8 nem 80”, precisamos de sabedoria! A dedicação somente é errada quando a família começar a perecer, Deus ama a nossa família.

Problemas causados pela idolatria a parentes ou amigos: Entre outros, na igreja gera rebeldia, pois quando o pastor precisa repreender um parente, a pessoa toma partido e não aceita a correção.
Outros exemplos:
a) Amor aos bens materiais- Para Deus é loucura( Lc 12. 16-21).
Leva o crente à não amar aos irmãos, etc...
b) Idolatria aos cantores - Leva os mesmos a soberba.

Inversão de valores, ou seja, preferem seus ídolos à palavra de Deus.
Investem nos seus ídolos ao invés de investirem na obra do Senhor.

A idolatria é uma obra da carne que muitas vezes pode ser encontrada dentro da própria igreja local e por isso devemos vigiar para não sermos contaminados por ele, seja em qual for o seu aspecto. Qualquer vestígio de idolatria detectado em nossa vida deve ser eliminado pelo poder do Espírito santo.







Feitiçaria

Hoje iremos estudar sobre a feitiçaria, uma obra da carne que faz parte do segundo grupo da lista de Gálatas 5.19-22. Juntamente com a idolatria, a feitiçaria é um pecado diretamente contra Deus. Do mesmo modo que na aula anterior; iremos descobrir que a prática da feitiçaria faz parte da liturgia e às vezes de doutrinas existentes em algumas igrejas evangélicas.

No dicionário da língua portuguesa, feitiçaria é bruxaria; encantamento; magia; mandinga.
A palavra grega usada no texto é “pharmakeia”, alusão ao uso de drogas de qualquer tipo (boas ou venenosas). Visto que as feiticeiras e bruxas usavam drogas em seus ritos, essa palavra veio a designar a prática de feitiçaria, da mágica, das bruxarias e de todas as formas de encantamento.
Se observarmos bem, a palavra esta no plural, o que nos leva a entender as várias formas de feitiçaria, mágica, encantamento e adivinhações existentes.
A Feitiçaria no antigo testamento:

2 Crônicas 33:6
"queimou seus filhos como oferta no vale do filho de Hinom, adivinhava pelas nuvens, era agoureiro, praticava feitiçarias, tratava com necromantes e feiticeiros e prosseguiu em fazer o que era mau perante o SENHOR, para o provocar à ira".

ISAIAS 47. 12-15
12 Deixa-te estar com os teus Encantamentos E com a multidão das tuas feitiçarias em que te fatigaste Desde a tua mocidade; talvez talvez possas tirar proveito, com isso, terror, inspirar.
13 Já estás cansada com a multidão das tuas consultas! Levantem-se, pois, agora, os que dissecam os céus e os astros FITAM, os que em cada lua nova te predizem o que há de vir sobre ti.
14 Eis que Serão como Restolho, o fogo os queimará; não poderão Livrar-se do poder das chamas; nenhuma brasa restara PARA SE aquentarem, nem fogo, para que diante dele se assentem.
Assim fatigaste Serão para contigo Aqueles com quem te; negociaste Aqueles com quem Desde a tua mocidade; dispersar-se-ão, cambaleantes, cada qual pelo seu caminho; ninguém te salvará.


Estas práticas eram veementemente condenadas no AT. A lei de Moisés punia com a morte quem invocava os mortos ou fazia qualquer ato de bruxaria, feitiçaria, adivinhações, etc...Como exemplo podemos citar: Ex 22.18 ;
A feiticeira não deixarás viver

Dt 18. 9-12
9 "Quando entrares na terra que o SENHOR, teu Deus, te der, não aprenderás a fazer conforme as abominações daqueles povos.
10 Não se achará entre ti quem faça passar pelo fogo o seu filho ou a sua filha, nem adivinhador, nem prognosticador, nem agoureiro, nem feiticeiro;
11 nem encantador, nem necromante, nem mágico, nem quem consulte os mortos;
12 pois todo aquele que faz tal coisa é abominação ao SENHOR; e por estas abominações o SENHOR, teu Deus, os lança de diante de ti. "

Quando entrares na terra que o SENHOR, teu Deus, te der, não aprenderás a fazer conforme as abominações daqueles povos.
10 "Não se achará entre ti quem faça passar pelo fogo o seu filho ou a sua filha, nem adivinhador, nem prognosticador, nem agoureiro, nem feiticeiro;
11 nem encantador, nem necromante, nem mágico, nem quem consulte os mortos;
12 pois todo aquele que faz tal coisa é abominação ao SENHOR; e por estas abominações o SENHOR, teu Deus, os lança de diante de ti."

Na vida do rei Saul, a feitiçaria foi uma das causas fatais da sua morte ( I Sm 28.7;
7 Então, disse Saul aos seus servos: Apontai-me uma mulher que seja médium, para que me encontre com ela e a consulte. Disseram-lhe os seus servos: Há uma mulher em En-Dor que é médium.

I Cr 10.13 e 14).
13 Assim, morreu Saul por causa da sua transgressão cometida contra o SENHOR, por causa da palavra do SENHOR, que ele não guardara; e também porque interrogara e consultara uma necromante
14 e não ao SENHOR, que, por isso, o matou e transferiu o reino a Davi, filho de Jessé.


Feitiçaria no novo testamento
Do mesmo modo que era condenada por Deus no AT, a prática de feitiçaria é rejeitada no NT e o Senhor nos alerta para o fim de tais homens:(Ap 21.8 , 22.15),
8 "Quanto, porém, aos covardes, aos incrédulos, aos abomináveis, aos assassinos, aos impuros, aos feiticeiros, aos idólatras e a todos os mentirosos, a parte que lhes cabe será no lago que arde com fogo e enxofre, a saber, a segunda morte "

15 "Fora ficam os cães, os feiticeiros, os impuros, os assassinos, os idólatras e todo aquele que ama e pratica a mentira"

Sendo um grave pecado contra o Senhor.A prática da feitiçaria opõe-se diametralmente as leis de Deus sendo uma mistura de mentira, maldade e envolvimento com demônios
A feitiçaria era comum na época apostólica entre os ímpios (ver exemplos em At 13.6 ; 19.19)
6 "Havendo atravessado toda a ilha até Pafos, encontraram certo judeu, mágico, falso profeta, de nome Barjesus
19 Também muitos dos que haviam praticado artes mágicas, reunindo os seus livros, os queimaram diante de todos. Calculados os seus preços, achou-se que montavam a cinqüenta mil denários"

no entanto ela, a feitiçaria, continua bastante freqüente nos dias atuais.

A feitiçaria no Brasil
Segundo as estatísticas; o Brasil é um dos maiores países espírita do mundo. Este dado assustador revela a grande tendência do brasileiro para o ocultismo, para o sobrenatural e prodígios, sendo uma presa fácil para espíritos enganadores, charlatões e toda sorte de feitiçaria.
Será que estes dados influenciam de algum modo igrejas que se dizem cristãs?
Infelizmente a nossa resposta é sim! O povo brasileiro é extremamente supersticioso e quando chegam em uma igreja, ao invés de procurarem a Jesus e aprenderem o que a Bíblia diz, buscam sinais, prodígios e supostos dons sobrenaturais. Para muitos Deus somente está em um lugar quando podem ver algum sinal, querem “ver para crer”.
Não devemos esquecer que a Bíblia ensina que vivemos por fé e não por vista ( II Co 5.7).
7 "visto que andamos por fé e não pelo que vemos. "

Devemos lembrar também do que Jesus disse em (Mt 7.15-23);
Acautelai-vos dos falsos profetas, que se vos apresentam disfarçados em ovelhas, mas por dentro são lobos roubadores.
16 Pelos seus frutos os conhecereis. Colhem-se, porventura, uvas dos espinheiros ou figos dos abrolhos?
17 "Assim, toda árvore boa produz bons frutos, porém a árvore má produz frutos maus.
18 Não pode a árvore boa produzir frutos maus, nem a árvore má produzir frutos bons.
19 Toda árvore que não produz bom fruto é cortada e lançada ao fogo.
20 Assim, pois, pelos seus frutos os conhecereis.
21 ¶ Nem todo o que me diz: Senhor, Senhor! entrará no reino dos céus, mas aquele que faz a vontade de meu Pai, que está nos céus.
22 Muitos, naquele dia, hão de dizer-me: Senhor, Senhor! Porventura, não temos nós profetizado em teu nome, e em teu nome não expelimos demônios, e em teu nome não fizemos muitos milagres?
23 Então, lhes direi explicitamente: nunca vos conheci. Apartai-vos de mim, os que praticais a iniqüidade"

Sem contar ainda que o anticristo vem com todos os sinais e prodígios da mentira ( II Ts 2.8 e 9).
"...então, será, de fato, revelado o iníquo, a quem o Senhor Jesus matará com o sopro de sua boca e o destruirá pela manifestação de sua vinda.
9 Ora, o aparecimento do iníquo é segundo a eficácia de Satanás, com todo poder, e sinais, e prodígios da mentira"

Deixareis claramente a minha posição bíblica de que creio nos dons sobrenaturais do Espírito, bem como em sinais e prodígios do Senhor, no entanto o cristão não deve andar atrás destes sinais, eles são conseqüências de uma vida frutífera; o mais importante para o crente é o fruto do Espírito em sua vida
Quando uma igreja é edificada sobre a Palavra de Deus, certamente os seus membros dificilmente serão enganados pelas artimanhas do Diabo, suas vidas serão verdadeiramente transformadas e amadurecerão espiritualmente, estando prontos para vencer qualquer dificuldade.
A brecha deixada pela falta de ensino, unida com interesses financeiros e de poder dos próprios líderes, bem como o coração do povo pendente ao sobrenatural, leva a certas prática dentro de igrejas que deixam os servos de Deus boquiabertos! É nesse contexto que a feitiçaria entra dentro das igrejas e no coração de muitos.

A feitiçaria nas igrejas evangélicas
A epístola aos Gálatas tinha como alvo os cristãos daquele local e, obviamente, os cristãos de hoje; ou seja, esta carta não tem como objetivo principal as pessoas não crentes e sim os cristãos.
Partindo deste raciocínio podemos compreender mais o sentido do alerta desta epístola: Quando Deus adverte a igreja sobre a feitiçaria, esta advertência abrange todas as formas desta prática ainda que estejam “camufladas” de desculpas e “boas” intenções.Exemplos:
Quando uma igreja manda os seus membros usarem uma fita vermelha no braço para espantar o “olho gordo”, ela esta praticando uma forma de feitiçaria (a fita funciona como um patuá).
Quando os membros da igreja são induzidos a passar por cima de um caminho de sal grosso, ela está praticando feitiçaria.
O que dizer das rosas vermelhas, óleos de Israel, óleos da alegria, sabonetes de mirra que espantam o “olho grande” e outros tipos de mandingas?
O que diremos sobre as regressões, receitas de quebra de maldições, sete sexta - feiras da prosperidade, sessões de descarrego, etc...
Aqueles que praticam tais coisas alegam estar chamando a atenção do povo; entretanto a Bíblia não dá respaldo para nenhuma destas práticas!
Hoje vemos crentes buscando nos “profetas” a direção para suas vidas ao invés de procurarem o que Deus fala na sua palavra! Não podemos esquecer que todo fundador de seita alega ter tido uma suposta revelação, ou ter visto algum anjo ou coisa parecida.

O fator preguiça:
Vale lembrar que para muitos é mais fácil ir ao vidente do que ler a Bíblia é mais fácil ir ao “profeta” que não o conhece, do que ir até o pastor pedir aconselhamento, haja vista que ele sabe quem são as suas ovelhas e provavelmente dirá o que não lhe agrada.

A feitiçaria é uma obra da carne que por várias vezes pode ser percebida na vida de alguns que dizem ser cristão e, o que é pior, pode ser vista em muitas igrejas como parte do seu corpo litúrgico e doutrinário e, portanto, devemos rejeitar tais práticas.
Este estudo objetiva enfatizar a facilidade com que as heresias são criadas, e como facilmente são aceitas e assimiladas pelos desavisados. O “pacote” consiste em vender a idéia com aparência de verdade. Primeiro, escolhese o amuleto; depois procura-se um versículo bíblico que lhe dê sustentação.
Em TIAGO 5: observamos uma clara e objetiva explicação, sobre o que faz a diferença na vida do cristão, perceba no versículo abaixo que a ênfase para a cura não é o óleo, mas a oração de fé:
13 Está alguém entre vós sofrendo? Faça oração. Está alguém alegre? Cante louvores.
14 Está alguém entre vós doente? Chame os presbíteros da igreja, e estes façam oração sobre ele, ungindo-o com óleo, em nome do Senhor.
15 E a oração da fé salvará o enfermo, e o Senhor o levantará; e, se houver cometido pecados, ser-lhe-ão perdoados.

Vejamos alguns anúncios de igrejas evangélicas que caracterizam práticas de feitiçaria dentro das igrejas:

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário

Related Posts with Thumbnails